RoteiroS  para S.Miguel, Açores

 

E agora que já viram um possível roteiro para a vossa viagem podemos dar-te umas dicas e mostrar-te esses locais lindos!

3 Dias

5 Dias

7 Dias

- O facto de teres um roteio já feito não quer dizer que o vás cumprir à regra, lembra-te que estás de férias e não tens de andar a correr! 

- Acorda cedo para aproveitar o dia ao máximo! Assim vais conseguir visitar os sítios planeados antes de encerrarem so público.

- Se te apetecer dormir mais um pouco troca esse dia para o dia em que tens menos coisas para fazer, não faças as coisas a correr nem elimines locais só pela preguiça, podes vir a arrepender-te quando vires fotos do local :P

- Nos Açores o tempo é inconstante por isso vamos dar-te uma dica que vale ouro! 

A ilha é grande e numa ponta pode estar a chover, na lagoa estar nublado e na praia estar um sol de rachar, ou ao contrário.

Por isso deixamos-te aqui o site Spotazores que tem câmaras ao vivo espalhadas pela ilha que te podem mostrar o tempo nesse dia, nesse local.

Conselho? Levanta-te 10 minutos mais cedo e vai ver o tempo no local para onde queres ir, se estiver mau troca os locais desse dia pelos locais do dia seguinte em que o tempo lá esteja melhor.

Mas calma, isso não te vai impedir de levares com 3 estações meteorológicas no mesmo dia ahahaha, os Açores sempre a surpreender :)

A Soraia durante o dia do trilho do sanguinho andou de fato de banho, sweatshirt e gabardine com chuva:

Queres alterar o teu roteiro? 

Há 2 sites que te podem ajudar a ter mais ideias/alternativas: I Love Azores e VisitAzores.

Queres descobrir pérolas pouco turísticas?

Procura no Pinterest por Açores, Azores, Smiguel ou S.Miguel.

E já agora aproveita para nos seguir no pinterest, temos fotos lindas para te mostrar!

 

Chega de converseta.

Vamos ao que interessa, ver as pérolas da ilha de S.Miguel! :)

 

 Ilhéu de Vila Franca

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Preço e bilhetes: Ver

Duração: 1 manhã

Como ir: de barco

O que fazer: snorkeling e relax

 

Dicas: Começa o teu roteiro pelo ilhéu de Vila Franca por uma simples razão: só vão ao ilhéu determinados barcos autorizados e nem todos os dias lá podem ir.

Se estiver mau tempo, ou o mar estiver picado os barcos não saem da marina e não há visitas! Desta forma é dada a hipótese de ir noutro dia (por isso não deixes esta visita para os últimos dias, ou corres o risco de não conseguir lá ir.

Compra o bilhete online para não ficares em terra, pois o nº de visitas diárias é limitado.

O que é o ilhéu?

É um pequeno paraíso de origem vulcânica e moldado com a atividade marítima.

A sua cratera com quase 20 metros forma um círculo praticamente perfeito, talvez por isso alguns lhe chamem a Jóia da Rainha.

É considerado uma reserva natural e zona de nidificação do Cagarro.

No ilhéu podes desfrutar do sol, dar uns mergulhos e fazer snorkelling (leva equipamento porque lá não há).

A praia é vigiada mas não existe bar por isso leva águas e snacks.

Para saberes mais sobre o ilhéu clica aqui.

Santuário Nossa Srª da Paz

Este santuário tem uma beleza natural e está situado numa encosta, o que proporciona uma vista panorâmica espetacular! 

Tem algumas escadas (que não é bom para quem tem algumas dificuldades) mas não te preocupes porque a vista de quem não sobe lá acima também é magnífica como podes ver nesta foto:

Mas para quem sobe lá acima é claro que a vista é fascinante!

Ao longo das escadas é possivel observar-se algumas pinturas em azuleijos como os da foto, e ao cimo está uma capela aberta ao público.

Mesmo para quem não é religioso, este é um ponto de visita que vale a pena pela paisagem! :)

História

Lenda

Lagoa do Congro

Verde, verde, verde e mais, VERDE!

Este local é tão puro, natural e selvagem que as fotos não vão conseguir descrever o que senti.

A água mistura-se com as árvores selvagens e a vida aquática sente-se pouco ameaçada (na verdade poucos devem ser os corajosos que nadam em águas que não se vê o fundo :P).

Praia Baixa D'areia

Uma praia situada no fundo duma escarpa enorme que faz dela uma praia linda e com vontade de lá ficar meia hora só a olhar...

Ora vê com os teus próprios olhos :)

Tenho razão ou não? Agora imagina ao vivo e a ouvir o barulho das ondas do mar :)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lagoa do Fogo

Das minhas preferidas! Ela é linda vista de cima, de baixo, do meio... Só de pensar que ali já foi um vulcão e que tomou aquela forma porque colapsou há cerca de 5 mil anos, arrepio-me. 

Já imaginaste o que deve ter sido esse fenómeno e como tudo muda de repente?

Já tiraste as tuas conclusões sobre esta vista magnífica? Então espera até desceres lá abaixo!

Sim, o melhor da Lagoa do Fogo, e a parte mais linda é fazer o trilho até lá abaixo sempre pelo meio da natureza.

Passeia pelas margens da lagoa, molha os pés, descalça-te e sente a areia fofinha e negra.

Olha em teu redor, depois fecha os olhos e respira fundo. A natureza vai falar contigo!

Ouvis-te os pássaros livres e felizes?

Agora já percebes porque é uma das minhas preferidas!

 

Agora senta-te se ainda tens tempo e recupera energias, a subida vai ser "dura" e vais perceber porque é que a lagoa se chama Lagoa do Fogo.

Dizia um caminheiro quando lá estive que as pessoas quando estão a subir, vão o caminho todo a dizer "fogo!" ahahahahhahaha.

Brincadeirinha né? Se quiseres saber a história espreita aqui.

Salto do Cabrito

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O carro pode levar-se até lá abaixo junto ao centro de energia hídrica.

Neste local não há apenas a castata, também existe um trilho bastante giro para se fazer e que podem ver no Wikiloc.

Miradouro de Santa Iria

Este miradouro é lindo pela sua simplicidade, e vou deixar que as fotos falem por mim:

Caldeira Velha

Bem, quem não viu fotos deste local na internet e se questionou "mas aquela água é quente como? quente a escaldar?" Sim é!

Imagina só estar a chover ou frio cá fora e tu estares num jacuzzi natural, é basicamente isso! Eu só não apanhei a chuva nem o frio mas consigo imaginar a sensação brutal que deve ser :)

Calma, a água não está a 60ºC, muito menos a 100ºC nos sítios onde as pessoas podem estar. 

 

Deve estar aí a uns 25º dependendo da altura do ano. Pois a temperatura da água também varia porque são águas FÉRREAS e vulcânicas por isso são aquecidas naturalmente (não há lá esquentadores escondidos).

E sabes porque escrevi FÉRREAS em grande? 

Porque os biquinis, fatos de banho, calções, etc estragam-se! Leva roupa de banho que possas mandar fora depois destas férias.

E porque...

 

Meninas loirinhas como eu, cuidado com os vossos cabelinhooooooos!

(E agora não vale rir)

Eu, como sempre, andava feliz nas águas férreas sem me preocupar se molhava ou não o cabelo porque nunca tinha lido nada em relação a isso. Mas a verdade é que no final da semana eu estava ruiva e não loira e para veres que não estou a mentir vou-te mostrar.

Fantástico!

Ou não.

Mas voltando ao assunto principal, a Caldeira Velha.

Preço: 2€ (1€ estudante/jovem)

Horário: Ver aqui.

Duração: Depende de cada um (1h chegou para mim)

 

 

Chá Gorreana

Obrigada Joana Pacheco e Gustavo Custódio pelas fotos.

Quem nunca ouviu falar da famosa fábrica de chá dos Açores? Tchanan! Aqui está ela!

Esta fábrica funciona desde 1983 sem parar, já passou por 5 gerações e produz o chá mais antigo da Europa.

Dentro do edifíco podes visitar as máquinas utilizadas, o processamento de chá, a escolha, a embalagem, os seus trabalhadores e ainda provar os famosos chás! Tens um quente, e um frio :)

Preço: Gratuito

Duração: 1h porque podes fazer trilhos pelo meio das plantações

Horário:aqui

O único defeito: Não ter placas nem pessoas a explicar nada.

Caloura 

É nada mais nada menos que uma aldeia Açoreana com uma pequena surpresa. Aliás, 2!

A sua piscina de água natural que fica no fim de um pontão, e o melhor restaurante onde comi nos Açores! (até já estou a salivar).

Aqui também podes visitar o convento mais antigo da ilha de S.Miguel.

Vila Franca do Campo

É uma vila Açoreana com uma praia super calminha e acolhedora :)

Aqui está sepultada a primeira Freira Micaelense, Madre Maria de Jesus que foi a primeira abadessa do Convento de Santo André.

Para além deste convento podes visitar imensas ermidas, no entanto a mais conhecida é  a Ermida N. Srª da Paz que já te mostrei lá em cima.

Ponta Delgada

Tanto para ver e, fotografar!

Aqui tens igrejas, monumentos municipais, portas do sol, portas do mar, marina, queijarias (conhecidas internacionalmente pelos seus queijos gigaaaantes), e as lindas ruas a preto e branco.

Uma manhã é suficiente para um bom passeio por esta cidade.

Lagoa das Empadadas

Esta lagoa está dividida em duas, mas só visualmente. Porque a lagoa tem 2 lençóis de água com origem em 2 crateras vulcânicas mas que se unem numa só.

O sentimento que tive foi: Estou num cenário de filmes exóticos! Vejam porquê:

É aqui que vais deixar o carro e subir para o miradouro do Pico do Paul.

Miradouro Pico do Paul

Apresento-te o miradouro mais simples de todos e com uma vista de te fazer sentar!

Logo em 1º plano podes ver uma escarpa enorme completamente vulcânica, situada ao lado de uma pequena lagoa que espelha o céu.

E no caminho ainda podes ver umas Mimosinhas, as vaquinhas felizes dos Açores! :D

Lagoa do Canário

Uma pequena lagoa, rasa e não muito longa.

Aqui podes ver vários peixinhos nas suas águas que te vêm dizer Olá! :)

Leva uma máquina ou telemóvel à prova de água e diverte-te a tentar filmá-los (que foi o que eu fiz, e consegui!)

Miradouro da Boca do Inferno

Para mim, este leva a taça! O nº1.

A vista é de cortar a respiração, e não te vou descrever os sentimentos que vais ter neste miradouro, vou-te mostrar para pensares no que vais sentir quando lá estiveres!

É qualquer coisa não é?!

Monte Palace

O hotel abandonado mais visitado de Portugal!

Podes entrar, mas vai com cuidado. Estás num gigante hotel em ruínas.

 

Se não gostas de ver ruínas entra na mesma porque a paisagem é linda! Vai subindo e em cada piso entra nos quartos para ires apreciando a paisagem. Sobe até ao telhado e deixa-te surpreender pelo cenário magnifico e panorâmico.

Vê a história neste vídeo.

Lagoa das Sete Cidades

A rainha da ilha!

A sua beleza é realmente merecedora dos vários títulos que já ganhou. As suas 2 cores (verde e azul) fazem dela um fenómeno natural fantástico.

 

Está separada por uma estrada que nos dá a sensação que são 2 lagoas, mas na verdade a água é a mesma. E a única razão para que tenha as 2 cores são as suas diferentes algas.

 

A sua profundidade máxima até hoje é de 400 m. E em seu redor podem observar escarpas enormes e acentuadas que foram provocadas por um dos maiores colapsos de crateras vulcânicas da ilha (As famosas cumeeiras que são top para fazer de moto4).

As suas características inspiram várias lendas, sendo a mais conhecida a lenda da Atlântida.

Esta lagoa merece um piquenique nas suas margens. Nós optamos por fazâ-lo aqui.

Mosteiros

A fajã dos surfistas!

Aqui podes apanhar banhos de sol nas suas piscinas naturais, surfar, pescar ou fazer a Rota do Pico de Mafra.

Aqui, se puderes fica para ver o pôr-do-sol. Dizem pela internet que é dos melhores da ilha por ter os seus ilhéus vulcânicos de fundo. 

Eu não vi, mas fica para uma próxima vez. Há sempre boas desculpas para voltar :P

Miradouro Escalvado

Um miradouro simples e mais uma vez com vistas magníficas, mas com uma particularidade. Tem uma casa de vigia de baleias.

Há vários postos de vigia pela ilha, mas neste miradouro consegues 2 em um. Ver a vista e ver o posto.

O que são os vigia das baleias?

Antigamente e quando a caça às baleias era uma das principais atividades económicas da ilha servia para as localizarem, e comandarem os restantes pescadores.

Hoje é utilizado por empresas privadas para a observação e localização de cetáceos, com fins destinados ao Whale Watching.

Como as coisas mudam para melhor não é? :)

Termas da Ferraria

Um misto de sensações, boas!

 

A descida para lá é numa estrada estreita em que se circula nos 2 sentidos por isso be careful sr. condutor!

Ao chegar lá abaixo sais do carro e deparaste looooogo com uma senhora encosta! Há lá um cafézinho onde podes comprar uns gelados ou refrescos.

Ao chegar às termas a vista é muito bonita e única. Quando dei por mim estava em cima de lava vulcânica negra. E tchanan! 

Fácil de adivinhar o que vais aqui fazer não é?

Nadar!

Não te armes em tarzan a saltar para lá. Vais-te magoar.

Vai pelas escadas e sente a explosão de sensações. A água a ferver que vem do interior da terra pelo meio das pedras vulcânicas mistura-se com a água fria que vem do mar e faz com que passem por ti milhares de correntes, umas quentes, outras frias. 

Imagina água e azeite que não se juntam, e agora tu lá no meio. Ali a água fria e a quente também parece que não se juntam.

Espetáculo!

Conselho: Agarra-te bem às cordas porque se o mar está bravo sais de lá com algumas nódoas negras nessas pernas (foi o meu caso).

Preço: Esta pequena maravilha é de borla.

Duração: Assistir ao pôr-do-sol é perfeito!

Lagoa das Furnas

Ninguém vai a S.Miguel sem comer cozido das furnas e ver onde se faz o cozido das furnas. É paragem obrigatória! 

Bem vindo