Please reload

Welcome to - Castelo de Almourol

September 16, 2018

 

Depois de visitar Vila Nova da Barquinha seguimos em direção ao Castelo de Almourol.

 

Um castelo no meio da água? Numa ilha?

 

Todas as princesas sonhavam em ter um castelo certo??

E nós também já fomos umas pequeninas princesas com estes sonhos. Por isso hoje, chegou o dia de o concretizar.

Não é o facto de ver um castelo, mas sim este castelo!

 

Todos o conhecem pelas fotos, ou não fosse um dos castelos mais cobiçados a nível fotográfico!

 

Chegámos de barco com o Tritejo (a única forma de lá entrar é de barco). E começamos a subir em direção à entrada.

 

É notório que necessita de obras, e que as estão a "ir fazendo" aos poucos porque o acesso é um pouco abrupto para quem não tem facilidade em mover-se. Mas ao mesmo tempo o estado em que está, lembra-nos imediatamente como eram aqueles tempos históricos e como seria andar por ali há 500 anos atrás...

 

 

Este Castelo tem muitas características que fazem dele um castelo único em Portugal.

 

1ª - Fica rodeado de água.

 

2ª - Não é um castelo que serviu de casa a reis e rainhas mas sim um castelo militar, construído para ser um ponto defensivo.

 

 

3ª - Fica inserido numa linha de 8 castelos defensivos. A chamada "linha do Tejo" que consistia na defesa proporcionada pelos castelos de Almourol, Castelo Branco, Monsanto, Pombal, Tomar, Abrantes, Torres Novas e Zêzere.

 

 

4ª -  É um Castelo que pertenceu desde a sua construção à ordem dos templários.

Por isso em casa de templários, sê templário! :)

 

 

5ª - Fica rodeado de uma espécie de plantas que eu nunca tinha visto na minha vida.

Já vi cactos, já vi árvores, mas nunca vi cactos-árvores ou árvores-cactos!

 

 

E são enormes!!!! 

 

 

O Castelo de Almourol

 

É um castelo construído com granito datado de 1171 e tem 9 torres. Sendo a mais alta denominada de Torre de Menagem e com acesso exclusivo por uma escadaria.

 

 

É possível visitar o seu interior e subir até ao exterior no cimo da torre para apreciar a vista magnifica. 

 

 

Daqui de cima é possível observar lá ao longe um dos castelos que fazem parte desta linha do Tejo.

 

E no seu exterior é possível ver a cruz templária colocada em cima de uma das suas janelas.

 

Podes ler toda a história deste castelo aqui.

 

No meio de tantos anos de história, de vistas lindíssimas e umas calorias queimadas para chegar ao castelo. Estava na hora de ir almoçar.

 

 

O Filipe levou-nos até um belo local chamado de "Retiro do Cardal" com uma esplanada (que apesar do calor que se fazia sentir) nos fez almoçar, rir, refrescar com uns drinks e acima de tudo conhecermo-nos.

 

E para além dos locais que se visitam, são as amizades que se fazem que ficam para a vida. Não é verdade?

 

E lá fomos nós de barriguinha cheia passear para outras bandas.

 

 

Adivinhas?

 

Pistas:

Quinta Histórica

Cavalos

Golegã

 

 

Clica aqui e descobre já.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload