Tulum

Mas Tulum não são apenas ruínas, a cidade de Tulum é digna de uma visita de tão pitoresca que é. Cercada pela selva este local é super pacato, e económico. Aqui reina o estilo wild & nomad.

As praias são quase todas exclusivas dos hotéis mas é possível passear nelas e enterrar os pés na areia super branca.

Mas a grande atração e o que me levou até aqui é sem dúvida a zona arqueológica de Tulum.

Para chegar basta apanhar o autocarro desde a estação da 5ª avenida que te vai deixar mesmo ao fundo da rua que vai dar ao parque arqueológico.

A partir daí só tens que negociar a tua entrada pelas barraquinhas de madeira que vão aparecer ao teu lado direito.

 

Dicas:

  • Não compres logo na primeira que te está a tentar vender porque vais arrepender-te quando mais à frente for mais barato.

  • Vão-te dizer que a praia Paraíso se paga e que há lá um polícia à entrada da praia a ver as pulseiras e bla bla bla. Mentira! A praia é pública.

  • Também vão dizer que não podes nadar com tartarugas em alto mar sem guia. Mentira! No entanto tens de nadar imenso para nadar com elas, por isso se gostas compra o pack da zona arqueológica + passeio de barco.

  • Vai cedo para evitar as filas e a hora de calor (é saturante o calor por lá).

  • Leva águas e snacks pois lá dentro não há nada de nada e o parque demora mas horitas a ver.

  • Se tiver sol e não houver nuvéns leva um boné/chapéu. Vais torrar literalmente e querer enfiar-te em todas as sombras de árvores/arbustos que vires. Eu fiz isso !!!

Vais ver por lá imensos lagartos e podem morder-te porque estás no território deles por isso olhinho aberto.

Eu assisti a 2 machos à bulha por uma fémea e garanto que não sei qual deles é que estava mais mordido. Com tanto sangue a moça não há-de ter é ficado com nenhum :P

Mas mesmo assim eu tive de lhes ir tocar.

 

Parque arqueológico de Tulum

Eu optei por comprar a entrada no parque + passeio de barco e o bilhete total custou-me 525 pesos. 

Se quiseres optar por ver apenas as ruínas e depois ir relaxar para a playa paraíso a entrada são 70 pesos.

Lá não existem nem venda de bebidas, nem comida, nem wc por isso aproveita antes de entrar (não te admires de pedirem pesos para entrar na wc, eles lá cobram tudo! Mas 5 pesos também não são nada demais para ti).

Localização da entrada.

Tenta ir cedo (entrar por volta das 10h) para conseguires ver tudo de manhã. O parque fecha as 17h.

A zona arqueológica tem uma praia que é possível aceder e desfrutar dela à exceção da época da desova das tartarugas, nesta altura a praia é totalmente inacessível.

Existe uma escadaria de madeira que te vai dar acesso a ela. Não andes por lá a saltitar por onde não deves :)

 

 

Eu demorei cerca de 3h a ver o parque. Entre ler as informações espalhadas por lá, refrescar-me à  sombra, caminhar, e dar uns mergulhos na praia não é demasiado tempo acreditem.

 

 

Playa Paraíso

À saída do parque nós fomos em direção à playa paraíso porque para além de querer ver uma das praias mais bonitas deste local, queria ir nadar com as tartarugas numa das maiores barreiras de corais do mundo.

Quando comprei o bilhete disseram-me para procurar o Capitan numa das barraquinhas de madeira. E assim foi.

Chegámos lá, entrámos no barco colocámos os coletes e let's go mar dentro. Eles fornecem material de snorkel mas eu levei sempre o meu õ(por questões de higiene). À saída dão-te uma garrafinha de água.

E foi aqui, neste local que risquei mais 2 linhas da minha Bucketlist.

Nadei com tartarugas e com raias. É uma sensação tão gira, elas são tão fofinhaaaaaaaaas! Aconselham a não tocar nos animais porque estamos a invadir o espaço deles e eles fogem se lhes tocas.