Pampilhosa da Serra - o centro comercial da natureza



Foi exatamente assim que me apresentaram a Pampilhosa da Serra:

Friend - "Tens de vir à Pampilhosa da Serra, foi baptizada como o centro comercial da natureza!"

Eu - "Centro comercial, mas tu achas que eu me quero ir enfiar num shopping???? Tás maluco! Ahahahahha"

Friend - "Não tás bem a ver o que é, tem 400 km2 de área, está aberto 24h todos os dias do ano, é dividido em vários pisos com uma grande variedade de ruas, montanhas, serras e tem o maior IMAX do país. Anda embora!"

Eu - "O quê?! Mas já andas nos copos a esta hora Zé Manel?"

Friend - "Por acaso estou com uma na mão nesta bela esplanada no rooftop 360 º com vista para o Rio. Pega aí nuns amigos e venham cá ter!"

Eu - "Ai o quê!!!!!! Não sei quantas já foram mas já te ligo sua múmia com pernas."


E liguei-lhe...


Ahahahahhaha, quando ele me contou que não era nenhum shopping mas sim o melhor marketing alguma vez feito de uma região! É óbvio que tinha de lá ir. Não sei quando mas tinha.


E passado umas semanas recebo um convite. O CONVITE!


Fui convidada a ir ao Walking Weekend na Pampilhosa da Serra, um fim de semana de caminhadas onde ia conhecer os trilhos, conviver no meio da natureza, conhecer pessoas de lá e alguns bloggers convidados, e ainda provar iguarias típicas (sou magricela mas adoro comer).


Aceitei imediatamente, arranjei companhia para ir comigo e numa sexta feira à noite depois do trabalho pus-me à estrada.


A Pampilhosa da Serra fica a 3h de Lisboa e Porto, 2h de Coimbra e 3:30h de Évora. Localizada em pleno centro da Natureza foi muito afetada pelos incêndios do Verão de 2017. Mas nem isso lhe tirou a beleza!



As marcas são notórias mas não deixem de visitar os locais só porque arderam. É nessa altura que mais precisam de ti, e de nós! Depois dos grandes incêndios de 2017 fui a 4 locais que arderam e não foi por isso que as minhas fotografias ficaram feias. Não esperes que "fique tudo verde outra vez para tirar grandes fotos" Vai, e leva gente contigo independentemente do estado em que está a paisagem.



Eram cerca de 22h quando cheguei à Pampilhosa da Serra para o evento Walking Weekend.


A receção aos participantes foi feita no Hotel Villa Pampilhosa com a animação do grupo de Concertinas do Machio, e com uma viagem gastronómica proporcionada pelo chef Flávio Silva.



Havia de tudo e mais alguma coisa para por uma pessoa a salivar. Desde cabrito estonado, a maranhos, queijos e enchidos, rissóis e chamuças, acabando nos doces marabulásticos (e a fruta para quem queria manter o Fit weekend).


Conversámos, dançamos, bebemos uns copos e no final do convívio algumas pessoas recolheram para os quartos do hotel, outras foram até ao bar dos bombeiros "Uchas Bar". Mas no dia seguinte a alvorada era cedo por isso cerca das (já não me lembro) regressámos ao hotel para descansar.


Os quartos são super acolhedores e cada um tem uma máquina de café.


Podes ver as condições todas do hotel clicando aqui.

~

ALVORADAAAAAAAA!

Eram 7:30h da manhã quando acordei, meio em modo zombe vesti-me e desci para tomar o pequeno almoço no hotel.


Pouco tempo depois chegou o autocarro do evento para recolher a malta que estava no hotel e seguir para o Casal da Lapa (nas margens da Barragem de Santa Luzia) onde ia começar a primeira caminhada de 12kms - Rota do Pastor.



Eram cerca de 100 pessoas a participar no Walking Weekend, e entre elas estavam 3 bloggers que adorei conhecer. Há bloggers donos do seu nariz (sirva a quem quiser) e depois há os terra a terra como estes, que são pessoas fantásticas. :)


O Vitor e a Ana - O nosso olhar do mundo

A Alexandra - World Citizen Girl

A Marlise - Meus Roteiros

ROTA DA BARRAGEM E DO PASTOR (PR3-PPS)

Todo o percurso foi acompanhado por pessoal da organização e pela fantástica Dona Ana, moradora de Vidual de Cima e que conhece aqueles percursos como a palma da sua mão. E para juntar à festa, ela era uma comédia!!!!



O percurso passa pela Barragem de Santa Lúzia com ~76m metros de altura e que impressiona qualquer um.

A central elétrica da barragem funciona desde 1942 e demorou cerca de 11 anos a ser construída.



Curiosidade: Esta barragem vista de cima assume a forma de um pássaro.


Passo atrás de passo e umas fintas a algumas árvores e troncos, estávamos neste momento a caminhar pelo meio de natureza pura, em estado selvagem e bem junto à margem.




(Mochila da Hemper)

E como caminhávamos junto à margem, é obvio que adivinhas quem molhou as patinhas não adivinhas? Ou não fosse eu uma trapalhona (vá a Catarina consegue-me ganhar nesta área).



Monte acima, monte abaixo, caminho à direita, uma escapadela à esquerda para a foto e fomos descendo até à Aldeia do Vidual de Cima.





E chegámos à aldeia onde fomos recebidos pelos populares que nos tinham preparado um fantástico banquete. Derreteram-me o coração !!! :')


Queijos, broas, filhós com um toque de laranja, águas, sumos e a famosa jeropiga.



Depois de encher o corpinho eu não precisava de recarregar energias e fui descobrir a aldeia. Ou não fosse eu uma inquieta por natureza.


Toda a gente comeu e recarregou energias e lá fomos novamente rumo aos trilhos selvagens.


E aqui fizeram-nos uma autêntica surpresa.

Senta-te, porque vais ver uma das cascata mais linda que já vi nesta zona!

Poço do Caldeirão

Uma queda de água com água completamente transparente e que com a sua força acabou por formar uma espécie de "caldeirão" ou buraco, onde podemos nadar sem qualquer perigo.

Aqui ficámos tanto tempo na cascata que o resto do grupo foi todo embora até à aldeia de Vidual novamente, para depois regressar ao hotel.


Começámos a correr, outros a andar rápido para que o resto do grupo não se atrasasse por causa de nós.


E lá os reencontrámos. Apanhámos o autocarro e regressámos ao Hotel.


No Hotel tínhamos à nossa espera o Diogo e um especialista nesta área de trekking, caminhadas e campismo para nos darem um workshop proporcionado pela Decathlon de Coimbra (que acabou a oferecer alguns brindes aos participantes através de sorteio).


Foram abordados temas como "montar uma tenda", tipos de tendas, acessórios de caminhada, roupa de caminhada e mochilas.



De seguida foi dado um Workshop de Filhós e Bombons Serranos e depois fizeram uma sessão de relaxamento na praia fluvial.


Nesta parte eu já não pude estar porque tive de regressar a Castelo Branco, mas os meus colegas bloggers adoraram!


Mas não penses que acaba por aqui! Ainda neste dia houve mais uma caminhada "Rota dos Ofícios e Tradições", um jantar típico e no dia seguinte uma super caminhada aquática e CatchBox!!


Como não estive presente não te posso relatar a minha experiência, mas deixo-te aqui os links dos outros bloggers para que possas ler tudo sobre o que aconteceu na minha ausência. Ahahahahah.

O nosso olhar do mundo

World Citizen Girl

Meus Roteiros

Resta-me agradecer à organização pela fantástica organização deste evento e por me terem proporcionado um dia fantástico como este.


Ao hotel Villa Pampilhosa pela cómoda e confortável estadia.


E a todos os populares da Pampilhosa da Serra por serem fenomenais e tão genuínos!

Obrigada!

Mas eu não podia ir sem fazer um vídeo. E depois de irmos a Lisboa buscar o troféu da Momondo este foi o 1º vídeo a sair depois do galardão o que me elevava a responsabilidade a um nível ainda mais alto.


Espero que gostem! E que para o ano venham,

porque eu também vou! :)





Links

Site oficial

Evento

Hotel

~ Galeria de Fotos ~

P.s: Se queres visitar este paraíso e não queres esperar até para o ano, aproveita agora em Agosto o Seaside Sunset Sessions com entrada livre.


Arquivo

EMBAIXADORA:

Captura de ecrã 2020-05-26, às 18.28.33.
Captura de ecrã 2020-04-27, às 16.37.25.
Captura de ecrã 2020-05-26, às 18.20.18.

Blog mais votado pelo público

Blog Membro e Fundador

Copyright © 2020 Nunca Paras Quieta. All Rights Reserved